Integrantes do PIM participam de reunião das comissões

por Clomar Toledo/Jornalista — publicado 16/10/2019 11h10, última modificação 16/10/2019 14h09
Reunião das comissões acontece toda a segunda-feira ás 8h.
Na segunda-feira dia 14 de outubro estiveram presentes na reunião das comissões integrantes do programa Criança Feliz e Primeira Infância Melhor. O objetivo do encontro foi debater o projeto de lei nº 119/2019 que altera padrão de vencimento no quadro de cargos e funções do município. Desde a implantação e efetiva execução no município dos Programas Primeira Infância Melhor –PIM, e Criança Feliz , o número de metas de atendimento vem se expandido e atualmente encontram-se em intervenção e acompanhamento em torno de 350 pessoas, das quais incluem-se gestantes durante todo o período gestacional e crianças de 0 a 4 anos , residentes em vários territórios do munícipio, incluindo área urbana e rural e que são em sua maioria provenientes de famílias em situação de vulnerabilidade social, beneficiarias do Programa Bolsa Família e que dependem de assistência por meio de Políticas Públicas. A adesão pelo município ao Programa Criança Feliz permitiu fundir a sua execução a do PIM, e assim ampliar e qualificar as ações e intervenções específicas de ambos, uma vez que, foi disponibilizado acesso a novas fontes de recursos, voltados especificamente para o cuidado a Primeira Infância. Com o aumento gradativo da demanda, foi necessário ampliar a equipe de trabalho para garantir o desenvolvendo integra da metodologia de ambos, junto ao público atendido. Sob esta premissa a partir do ano de 2017 foi ampliando o número de visitadores, compondo atualmente a equipe, 15 profissionais contratado e atuantes, que realizam suas funções no domicilio do público atendido, incorporando a equipe conforme exigência do Programa Criança Feliz, em relação ao número total de visitadores, um profissional com o desempenho da função de supervisor do referido programa para dividir a responsabilidade de supervisão com a Agente Monitora do PIM, já existente e no desempenho efetivo da função. Devido as atuais normativas vinculadas ao Programa Criança Feliz, ditadas pela Portaria nº 2.496/2018 e Manual de Orientações expedido pela Secretaria Nacional de Assistência Social, os quais permitem a utilização dos recursos vinculados ao programa para o custeio de profissionais está sendo aumento do padrão de vencimento, serão custeados por meio dos recursos provenientes da esfera Federal/ Programa Criança feliz. O projeto está sendo analisado pelos vereadores e deverá ser colocado em votação nos próximos dias.
registrado em:
error while rendering plone.comments