Grupo Balestreri intensifica obras para instalação da granja São Paulo

por frw publicado 13/01/2016 19h25, última modificação 13/01/2016 19h25
Presidente Lídio Signori visitou a área onde está sendo feita a terraplanagem para o empreendimento

Nessa quarta-feira, dia 13, o presidente Lídio Signori, acompanhado do responsável pelo setor de agropecuária da Granja São Paulo, Luiz Henrique Balestreri, esteve no local onde está sendo realizada a terraplanagem para a edificação do empreendimento. O trabalho ocorre com a utilização de cinco caminhões caçamba, um trator de esteira e duas escavadeiras que pertencem ao grupo Balestreri, além de um rolo compactador contratado pela Administração Municipal.

A terraplanagem iniciou logo após a ampliação das estradas vicinais e construção de novos acessos. Somente nas explosões das rochas para o nivelamento do terreno, Luiz Henrique estima um gasto em torno de R$ 1 milhão de reais, que inclusive não estava previsto no projeto inicial, sem contar o que já foi investido no restante da terraplanagem. Outro investimento que o grupo precisou custear foi a perfuração do poço artesiano, no valor de cerca de R$ 141 mil. A perfuração tem 500 metros, com vazão de 15 mil litros/ hora. O investimento total deve ultrapassar os R$ 30 milhões de reais.

De acordo com Luiz Henrique, como o tempo vem colaborando, o trabalho ocorre inclusive aos finais de semana. A previsão é iniciar a construção do primeiro galpão no próximo dia 25 e a granja deve começar a operar em um ano. Na granja São Paulo, serão produzidos mais de 210 mil animais por ano, com a geração de 40 empregos diretos, beneficiando ainda pelo menos 70 famílias que irão fazer a terminação.

Em relação ao emprego de tecnologia, Luiz Henrique afirmou que técnicos da empresa alemã Big Dutchmann, que fornece os equipamentos, ficaram impressionados com a estrutura que será montada na granja. “A granja tem modelo de bem-estar animal e pra dar conta disso a gente precisa de um equipamento muito moderno, e chamou a atenção da Big Dutchmann porque é a maior granja do mundo a receber tanto equipamento dentro de uma única unidade”, afirmou.

Ao final da visita, Luiz Henrique agradeceu ao presidente Lídio pelo apoio da Câmara de Vereadores e falou da expectativa de iniciar a operação da granja. “De todos os investimentos da família, do meu pai e os dois irmãos dele, é o maior que a gente está fazendo atualmente; na suinocultura da região é o maior sem dúvida quiçá do País, então a gente espera trazer um retorno positivo para o nosso município porque é o lugar onde a gente vive; eu nasci aqui, vivi a minha vida aqui, Frederico sempre abraçou a gente, sempre fomos bem recebidos aqui, então acaba sendo bom pra nós dar retorno e todo mundo sai ganhando”, enfatizou Luiz Henrique.

O presidente Lídio elogiou o esforço que vem sendo realizado pelo grupo Balestreri para manter o planejamento e iniciar a operação no próximo ano, gerando empregos e retorno financeiro para o município.

 

 

 Lucas Faustino/ Assessoria de Imprensa

error while rendering plone.comments